quarta-feira, 21 de maio de 2008

O desejo sexual muda com a idade?


A discussão em torno da duração da vida sexual feminina já existe há muito tempo. E sempre paira no ar a pergunta: As mulheres são mais “calientes” aos 20, 30, 40 ou 50 anos?
A mulher de 20 anos está com o corpo em cima e tem uma sexualidade saudável, com os hormônios a todo vapor, mas ainda falta experiência e aprendizado.
A de 30 anos tem mais facilidade em viver essa sexualidade, devido à experiência, mas às vezes acaba se envolvendo demais com o trabalho e com os filhos e acaba se esquecendo desse lado prazeroso da vida.
Aos 40, ela está com os filhos maiores, conhece o próprio corpo e pode viver bem o sexo, mas já se depara com os próprios preconceitos de achar que está muito velha para isso.
Já aos 50, os hormônios não estão mais em dia, mas a mulher tem mais tempo e experiência para usar a seu favor na hora do sexo.
Mas e aí?
Tem gente que diz que a mulher perde o tesão com a chegada da menopausa, e tem aqueles que acreditam que é o exato oposto, que quanto mais maduras elas ficam, mais sabem como sentir prazer.
A minha opinião é, que independentemente da idade, as mulheres têm que respeitar as suas vontades e se entregar aos seus desejos, inclusive o sexual. Este desejo não deve diminuir com o passar dos anos. É até uma coisa cultural achar que as mulheres, só porque estão envelhecendo, não têm mais desejo, e que não precisam mais “disso”. E assim, por causa da opinião da sociedade elas ficam até um pouco retraídas.
“Sexo com amor ou com tesão nunca perde o desejo. O que diminui a vontade são aquelas pessoas que não amam mais, e não SE amam mais e usam isso como desculpa”.
Think about it!
Bjôooo e bom feriado.

Nenhum comentário: