segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Saiba tudo sobre o Natal


A celebração do Natal antecede o cristianismo em cerca de 2000 anos. Tudo começou com um antigo festival mesopotâmico que simbolizava a passagem de um ano para outro, o Zagmuk. Para os mesopotâmios, o Ano Novo representava uma grande crise. Devido à chegada do inverno, eles acreditavam que os monstros do caos enfureciam-se e Marduk, seu principal deus, precisava derrotá-los para preservar a continuidade da vida na Terra. O festival de Ano Novo, que durava 12 dias, era realizado para ajudar Marduk em sua batalha. A tradição dizia que o rei devia morrer no fim do ano para, ao lado de Marduk, ajudá-lo em sua luta. Para poupar o rei, um criminoso era vestido com suas roupas e tratado com todos os privilégios do monarca, sendo morto e levando todos os pecados do povo consigo. Assim, a ordem era restabelecida. Um ritual semelhante era realizado pelos persas e babilônios. Chamado de Sacae, a versão também contava com escravos tomando lugar de seus mestres.

A Mesopotâmia inspirou a cultura de muitos povos, como os gregos, que englobaram as raízes do festival, celebrando a luta de Zeus contra o titã Cronos. Mais tarde, através da Grécia, o costume alcançou os romanos, sendo absorvido pelo festival chamado Saturnalia (em homenagem a Saturno). A festa começava no dia 17 de dezembro e ia até o 1º de janeiro, comemorando o solstício do inverno. De acordo com seus cálculos, o dia 25 era a data em que o Sol se encontrava mais fraco, porém pronto para recomeçar a crescer e trazer vida às coisas da Terra. Durante a data, que acabou conhecida como o Dia do Nascimento do Sol Invicto, as escolas eram fechadas e ninguém trabalhava, eram realizadas festas nas ruas, grandes jantares eram oferecidos aos amigos e árvores verdes - ornamentadas com galhos de loureiros e iluminadas por muitas velas - enfeitavam as salas para espantar os maus espíritos da escuridão. Os mesmos objetos eram usados para presentear uns aos outros.

Apenas após a cristianização do Império Romano, o 25 de dezembro passou a ser a celebração do nascimento de Cristo. Conta a Bíblia que um anjo, ao visitar Maria, disse que ela daria a luz ao filho de Deus e que seu nome seria Jesus. Quando Maria estava prestes a ter o bebê, o casal viajou de Nazaré, onde viviam, para Belém a fim de realizar um alistamento solicitado pelo imperador, chegando na cidade na noite de Natal. Como não encontraram nenhum lugar com vagas para passar a noite, eles tiveram de ficar no estábulo de uma estalagem. E ali mesmo, entre bois e cabras, Jesus nasceu, sendo enrolado com panos e deitado em uma manjedoura. Pastores que estavam com seus rebanhos próximo ao local foram avisados por um anjo e visitaram o bebê. Três reis magos que viajavam há dias seguindo a estrela guia, igualmente encontraram o lugar e ofereceram presentes ao menino: ouro, mirra e incenso, voltando depois para seus reinos e espalhando a notícia de que havia nascido o fiho de Deus.

A maior parte dos historiadores afirma que o primeiro Natal como conhecemos hoje foi celebrado no ano 336 d.C.. A troca de presentes passou a simbolizar as ofertas feitas pelos três reis magos ao menino Jesus, assim como outros rituais também foram adaptados.

Hoje, o dia 25 de dezembro é a data de reunir a família, de mesa farta, e troca de presentes. Para os católicos, é a celebração do dia do nascimento de Jesus.

Desejo a você e sua família um Natal de paz e confraternização!

PS: Vou fazer o possível para que o Mulheres não tire férias. Fique conectado comigo...

Bjôoooo

Fonte: Terra - Curiosidades

6 comentários:

Olavo disse...

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
beijos

Sonia Regly disse...

Carlinha,
Muito esclarecedor esse post.Uma aula de história. Obrigada pela amizade, que esse Natal seja de amor, paz,saúde e prosperidades.Que vc alcance todos os seus objetivos,FELIZ NATAL!!!!!!!!!!

Mariana disse...

Obrigada pelos seus votos de feliz ano novo! Tudo de bom para você também!
beijos
Mariana

Bruxa Beiçola disse...

Carla, que legal esse post!! Eu, como católica, celebro o nascimento de Cristo e não gosto do "tom" comercial que foi atribuído...
Feliz Natal para você e toda sua família! Paz e Bem!
Beijos

Diario da Fafi disse...

Feliz natal repleto de poesia e rimas.

Encha o pulmão, respire fundo e encha sua vida de amor do universo. Ele é enorme.

Aproveite cada pedacinho,

fafi

utp-critikeart disse...

Carla,obrigada pela mensagem deixada em meu blog.Foi a mensagem mais linda,original e verdadeira que recebi.
Desejo a vocè e todos os seus familiares,muita paz,saúde,amor,prosperidade.Quem em 2009 possamos exercer mais a nossa caridade para com o próximo,possamos amar mais ao próximo,pois só assim esse mundo ainda pode ter esperança.Pois que Cristo Jesus disse:"Não há salvação fora da caridade."
Que Deus derrame sobre vocês suas bençãos.
Beijos sinceros da amiga
Katia Regina