domingo, 15 de março de 2009

Mulheres que merecem um dia especial


Que todas as mulheres são singulares e especiais, já sabemos...
Que existem mulheres que realmente fizeram diferença, seja na vida profissional ou pessoal, também já sabemos...
Que por tudo isso e mais alguns fatos históricos, surgiu o Dia Internacional das Mulheres, também não é novidade para ninguém...
Mas existem algumas mulheres que realmente merecem um dia especial. Mulheres que já apanharam muito na história do mundo e tiveram seu papel relegado ao segundo plano. Que mesmo nas crenças religiosas foram associadas ao mal. E que, na verdade, mudaram a vida dos homens, revitalizando-os com seu poder, inteligência e força interna, tornando a nossa existência muito mais rica e, seguramente, mais interessante.
Separei uma lista com 50 nomes, mas dividirei em duas partes. Segue abaixo a primeira lista, com 25 mulheres que realmente merecem um dia só seu:

1.HELENA DE TRÓIA (GRÉCIA - LENDÁRIA)
Figura mitológica de beleza e graça incontestável, teria sido o motivo pelo qual os gregos batalharam os troianos na famosa guerra, ganha especialmente por um cavalo de madeira.

2.NEFERTITI (EGITO - 1380 AC A 1345 AC)
Rainha egípcia, junto com seu marido, o Faraó Akhenaton, alterou as crenças religiosas de seu povo para o monoteísmo e levou-os a louvar o sol em vez da lua.

3.PHRYNE (GRÉCIA - CERCA DE 400 AC)
Famosa cortesã grega em cerca de 400 a.C, tinha uma beleza considerada divina, a ponto de livrá-la da morte por heresia em um tribunal.

4.CLEÓPATRA (EGITO - 70 AC A 30 AC)
Um dos nomes femininos mais conhecidos de todos os tempos, governou o Egito e levou os romanos Julio César e Marco Antônio à loucura e a uma rivalidade sem tamanho.

5.BOADICÉIA (INGLATERRA - CERCA DE 66 AC)
Rainha Celta que liderou tribos em um levante contra as forças romanas que ocupavam a Grã-Bretanha. Era "alta, terrível de olhar e abençoada com uma voz poderosa", segundo o historiador clássico Dião Cássio.

6.HIPÁCIA DE ALEXANDRIA (GRÉCIA - DE 370 A 415)
Matemática e Filósofa, adepta às filosofias de Platão, foi perseguida pelos reis cristãos por proclamar que o Universo é regido por normas matemáticas.

7.KHADIJAH BINT KHUWAYLID (ORIENTE MÉDIO - DE 555 A 619)
Esposa do Profeta Maomé, foi também a primeira pessoa a se converter ao Islamismo. Apesar das leis vigentes na época permitirem o poligamismo, Maomé manteve-a como sua única esposa por 24 anos.

8.LEONOR DA AQUITÂNIA (INGLATERRA - DE 1112 A 1204)
Rainha consorte da França e Inglaterra, seu instinto político e sagacidade a tornaram uma das mulheres mais influentes e poderosas da Idade Média.

9.CATARINA DE SIENA (ITÁLIA - DE 1347 A 1380)
A Santa Catarina, apesar de analfabeta, ditou várias cartas e obras, em especial diálogo sobre a Divina Providência, considerado pelos Eclesiásticos como um doas maiores testemunhos do misticismo Cristão e das idéias teológicas e espirituais.

10.JOANA D´ARC (FRANÇA - DE 1412 A 1431)
Santa padroeira da França, inspirada, segundo a lenda, por forças espirituais, foi a grande heroína da Guerra dos 100 Anos e acabou queimada viva com apenas 19 anos de idade.

11.CATARINA DE MÉDICI (FRANÇA - DE 1519 A 1589)
Força política por trás dos 30 anos de guerra entre a Igreja Católica Romana e os Huguenotes Franceses, foi a instigadora do massacre de São Bartolomeu e grande patrona das artes na França.

12.ELISABETH I (INGLATERRA - DE 1533 A 1603)
A precursora do Grande Império Britânico, patrocinadora das artes e da cultura (ela que descobriu William Shakespeare), é ainda figura controversa entre os historiadores, que se dividem ao considerá-la uma grande governante e uma mulher que fazia tudo pela metade.

13.ANA PIMENTEL (PORTUGAL/BRASIL POR VOLTA DE 1534)
Esposa de Martim Afonso de Souza, governou a Capitania de São Vicente sem nunca ter posto os pés no Brasil, e foi quem ordenou o cultivo de cana de açúcar, laranja, arroz, trigo e criação de gado na região.

14.DANDARA (BRASIL - DE 1664 A 1694)
Esposa do Zumbi dos Palmares, foi uma guerreira feroz e brava defensora do Quilombo. Suicidou-se para não voltar à condição de escrava.

15.ANNE BONNY (INGLATERRA - DE 1700 A 1782)
Pirata irlandesa, ficou conhecida por se destacar em uma ocupação essencialmente masculina, pilhando navios no caribe junto com seu marido. Apesar de nunca ter comandado um navio, era conhecida por ser bonita, inteligente e muito estourada.

16.ÉMILIE DU CHÂTELET (FRANÇA - DE 1706 A 1749)
Cientista, matemática e física, escreveu "Dissertation sur la nature et la Propagation du feu", com estudos sobre o fogo que serviram de base para o que hoje é conhecida como luz infravermelha e a natureza da luz.

17.CATARINA, A GRANDE (RÚSSIA - DE 1729 A 1786)
Imperatriz da Rússia, modernizou seu país, reformando todos os aspectos políticos e sociais e se tornando um dos maiores nomes do despotismo esclarecido.

18.CHICA DA SILVA (BRASIL - DE 1740 A 1796)
A escrava que se fez rainha, foi a primeira negra a alcançar o prestígio e a riqueza no Brasil após união consensual com o explorador de diamantes João Fernandes. Muitas de suas histórias entraram para o imaginário popular.

19.MARY WOLLSTONECRAFT (INGLATERRA - DE 1759 A 1797)
Escritora britânica, sua obra "Uma defesa dos direitos da mulher", de 1970, é considerada a pedra fundamental do movimento feminista. Mary afirmava que o casamento era uma prostituição legalizada e que as esposas eram escravos convenientes.

20.SACAJAWEA (EUA - DE 1786 A 1812)
Índia norte-americana que auxiliou os ingleses Lewis e Clark a chegarem ao Oceano Pacífico em 1804. Tornou-se na América do Norte um símbolo da mulher independente, esforçada e com valor indiscutível.

21.MARIA QUITÉRIA (BRASIL - DE 1792 A 1853)
Militar brasileira, disfarçou-se de homem para lutar na Guerra da Independência Brasileira. Feita alferes por D. Pedro I, é considerada a Joana D´Arc do Brasil.

22.MARQUESA DE SANTOS (BRASIL - DE 1797 A 1867)
Famosa por ter seduzido e se tornado amante de D. Pedro I, a Marquesa foi, no fim da sua vida, uma humanitária, ajudando mendigos, famintos e doentes, e patrocinado estudantes da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco em São Paulo.

23.ANA NÉRI (BRASIL - DE 1814 A 1880)
Pioneira da enfermagem no Brasil, acompanhou seus filhos, soldados, na Guerra do Paraguai, prestando serviços médicos. Foi condecorada com as medalhas de prata humanitária e da campanha e recebeu do Imperador Pedro II uma pensão vitalícia.

24.RAINHA VITÓRIA (INGLATERRA - DE 1819 A 1901)
Grande condutora do Império Britânico no século XIX, seu governo foi marcado pela Revolução Industrial, expansão colonial e mudanças drásticas na política, economia, e cultura inglesa.

25.FLORENCE NIGHTINGALE (INGLATERRA - DE 1820 A 1910)
Enfermeira britânica, famosa pelo seu pioneirismo em tratar feridos de guerra e inventora da representação gráfica de dados, conhecida como gráfico pizza. Deu as bases para a enfermagem atual.

Continua no próximo domingo...

Bjôooooo

Fonte: Terra Mulher - Claudio R. S. Pucci

Um comentário:

Queen T. disse...

faltou anita garibaaaaaaaaaaldi

bjoks, boa semana,

Tessa.