segunda-feira, 2 de março de 2009

Proteja o seu carro dos temporais e das enchentes


As chuvas mas voltaram com força total nos últimos dias de Fevereiro em São Paulo. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura, a capital paulista tem 61 pontos de constantes alagamentos, sendo que em 31 deles o veículo corre o risco de boiar. Com temporais caindo quase todos os dias, o motorista precisa ficar atento antes mesmo de sair de casa.
Largar o automóvel estacionado nas ruas requer alguns cuidados especiais. Evite deixar o carro parado em várzeas (baixadas), perto de córregos ou debaixo de árvores. Em ladeiras, deixe um espaço entre a roda e o meio-fio (guia ou sarjeta), liberando passagem para a água, e fique bem longe das caçambas de entulho.
As fortes corredeiras que se formam junto às calçadas costumam mover os carros - mesmo com o freio de estacionamento acionado - e empurrar os contêineres vazios para o meio da rua. Ao parar em local desconhecido, estacione o veículo nas partes mais altas, difíceis de serem alcançadas pela inundação.
Os temporais também costumam ser acompanhados de chuva de granizo. Caso seja surpreendido pelas pedras de gelo, procure logo a proteção da cobertura de estacionamentos, garagens subterrâneas ou postos de combustível. Assim, você evita danos à carroceria.
Fuja das áreas e das vias frequentemente atingidas pelas enchentes, fazendo um trajeto alternativo, para não colocar o seu carro em risco. Só passe por essas regiões se for realmente necessário, mesmo assim depois de checar as condições de travessia. Observe antes os carros que cruzam a inundação. O nível da água não deve ultrapassar a metade da roda, caso contrário o veículo poderá flutuar e o motorista perder o controle da direção.

Tenho verdadeiro pavor só em pensar na possibilidade de enfrentar um alagamento!!! Por isso resolvi compartilhar essas informações com vocês...

Be careful!!!

Bjôooooo

Fonte: Blog AutoEstrada

Um comentário:

Pepper Popps disse...

Pois é amiga, meu marido já passou por isso uma vez. A água não subiu tanto mas molhou o assoalho. Ficou um cheiro horrível que precisou de várias lavagens para limpar.
É mto triste!
Beijos pra vc querida!